.

Diretoria discute licitação da rodoviária de Porto Alegre

Lauro Roberto Hagemann, diretor de Transportes do DAER e a engenheira Luciana Azevedo, do Departamento de Terminais Rodoviários participaram da reunião de diretoria da Associação Comercial para explicar a licitação da rodoviária de Porto Alegre. O terminal tem quase 50 anos de uso e está desatualizado, falta conforto e segurança, além de problemas de pavimentação na área dos ônibus.  

Hagemann esclareceu que a KPMG Auditores Independentes foi contratada para fazer a modelagem do negócio e não tratou de um novo local.

A novidade, conforme ele, é que a nova concessão vai incluir a manutenção. Até agora, a Veppo, atual concessionária, ganha 11% das passagens e 15% das mercadorias despachadas. Com a nova concessão, o vencedor da licitação vai ficar também com o aluguel das lojas.

A Veppo administra a venda de passagens há 77 anos e nunca participou de licitação para gerir o espaço, o fazendo sempre por meio de contratos de permissão. A pergunta que fica: quando teremos um estudo e viabilidade técnica para sabermos se o melhor local para a rodoviária é onde ela está ou deverá ser transferida? A resposta é com o DAER.