No último dia 2, aconteceu a 5° Reunião da Mesa do Pacto Alegre, no Plaza Hub. As 105 entidades que compõem o grupo se reuniram de forma híbrida para revisar o andamento dos projetos em desenvolvimento e deliberar sobre e inclusão de sete novos projetos estratégicos.

O movimento, fundado na sede da Associação Comercial de Porto Alegre (ACPA) em março de 2019, definiu as sete novas propostas de projetos, que tiveram grande aceitação da mesa. São eles:

Cidade Educadora: Tornar POA uma referência no contexto das cidades educadoras. Preparar os jovens, os servidores públicos e os cidadãos em geral para o futuro de cidadania digital, consolidando a lógica de engajamento permanente com a construção da cidade. Consolidar POA como um exemplo de Cidade Inteligente, Inclusiva e Educadora (Smart and Inclusive Learning City).

Centro+: Ampliar a vivência e experimentação do Centro, promovendo incremento de turismo, da visitação, dos investimentos e das moradias.

Aprendizados da Pandemia: Examinar os impactos da pandemia COVID-19 na saúde e educação de POA para extração de aprendizados e preparação da cidade para possíveis próximas pandemias

Territórios Criativos:  Estimular a transformação da cidade pela consolidação e expansão de ações de inovação, criatividade e empreendedorismo em territórios estratégicos.

POA Digital: Promover o direito à cidade pelo estímulo e suporte à cidadania digital e aos serviços digitais

Startup City: Tornar Porto Alegre líder nacional e referência internacional na geração de negócios inovadores (startups).

Porto Alegre Que Teremos (250+10): Estimular a geração de uma visão de futuro e estruturar um processo de planejamento de ações de longo prazo para POA.

O coordenador do Pacto Alegre e secretário Municipal de Inovação, Luiz Carlos Pinto da Silva Filho, destacou a importância das entidades no uso de suas potencialidades para trabalhar juntas em projetos que impactem na qualidade de vida e a melhoria da cidade pela via da inovação.

O secretário destacou ainda a importância da reunião para comemorar a realização dos projetos. “A reunião foi essencial também para celebrar uma série de ações que foram importantes, como o Instituto Caldeira, o Projeto de Monitoramento do Ar, o Festival de Inovação 2020, o MBA de Inovação e outras ações que estão sendo retomadas”, enfatizou.

Ao analisar o desempenho do movimento até aqui, Luiz Carlos considera muito considera positiva a atuação do grupo de trabalho. “Ficamos com o Pacto um ano e meio limitado devido à pandemia. Então, basicamente, tivemos que ajudar as entidades a manter os negócios, produzir equipamentos de emergência e fomos muito nessa lógica do fazer em conjunto”, destacou. O coordenador do grupo diz ainda: “Nunca paramos, mas a energia desse último encontro nos propele a fazer mais e mais rápido. É urgência, isso sempre é um valor do Pacto: o senso de urgência. Entendo que temos que ter entregas rápidas com menos processos complexos para ter um passo de avanço”.

Acompanhe o Pacto Alegre através das plataformas digitais:

pactoalegre.poa.br

pactoalegreoficial@gmail.com

Instagram: @pactoalegreoficial

YouTube: PactoAlegreOficial

Publicado em: 9 de setembro de 2021

Compartilhar:

Recomendados:

9 de setembro de 2021

Metamorfose do vencedor é tema do MenuPOA

A Associação Comercial de Porto Alegre (ACPA) realizou, no último dia 31, a [...]


Ler mais
9 de setembro de 2021

Agraciados do Prêmio ACPA Paulo Vellinho participam do Papo Online

A Associação Comercial de Porto Alegre (ACPA) através da live Papo Online, [...]


Ler mais
9 de setembro de 2021

Palavra do Presidente

O 7 de setembro de 2021 foi uma data marcante na história de nosso País. Eu [...]


Ler mais