A história de empreendedorismo dos irmãos Piva que originou o Grupo Elevato foi o tema do MenuPOA Online, tradicional evento promovido pela Associação Comercial de Porto Alegre (ACPA), que foi no último dia 18 através das páginas da entidade no Facebook e YouTube. A mediação foi do presidente da ACPA, Paulo Afonso Pereira.

De origem Italiana, os irmãos Irio e Arcione Piva, Presidente e Diretor Financeiro e Administrativo do Grupo, respectivamente, começaram o negócio em 1988, com pouca experiência profissional. Afinal, ambos tiveram apenas um emprego antes de iniciar o negócio próprio. No entanto, com muita garra e determinação chegaram ao que hoje é o Grupo Elevato, empresa que comercializa materiais para acabamentos e que possui lojas de móveis, Central de Distribuição e Outlet de saldos, além de trabalhar via e-commerce e prestar serviços no Estado.

O presidente do Grupo Elevato, Irio Piva, conta que o investimento inicial para abrir o negócio foi de 11 mil dólares, e revela que tinha o hábito de converter tudo em dólar. “Na época, final dos anos 80, havia inflação no Brasil e eu criei o hábito de fazer essa conversão”, explicou. Irio revelou ainda que tinham apenas a metade do valor necessário para começar o negócio, o que não os impediu de empreender mesmo assim.

Irio falou sobre a escolha do segmento para iniciar o empreendimento. “Percebemos uma lacuna importante. Existiam boas empresas naquela época, mas não tinha nenhuma loja especializada em material de acabamento. Os primeiros anos foram de muito sucesso, por que tínhamos conhecimento dos fornecedores e do mercado. No começo, crescíamos de maneira muito rápida”, relatou o empresário. Ele complementou o raciocínio com uma reflexão: “O sucesso não ensina nada pra gente. O fracasso é que ensina. Toda vez que a gente fracassa e tem coragem para enfrentar o fracasso, via de regra saímos melhores”, refletiu.

Durante o evento o presidente da ACPA, Paulo Afonso Pereira, agradeceu a participação dos irmãos e destacou a importância dos exemplos. “Devemos falar sobre os exemplos, e que devem ser seguidos por aqueles que se interessam por cases bem sucedidos de empreendorismo”, enfatizou.

Arcione Piva comentou sobre a principal dificuldade de empreender no Estado: a carga tributária. “O nosso modelo tributário, por muitas vezes é austero demais se comparado com os outros Estado do Brasil. Isso é uma dificuldade acima da média”, afirmou. Paulo Afonso Pereira concordou como a colocação feita pelo diretor do Grupo Elevato e complementou: “Somos uma grande fonte de recursos, pagadores de toda a máquina pública, mas não somos reconhecidos por isso na grande maioria das vezes”.

Arcione deu um conselho aos jovens que pretendem empreender, orientando-os a acreditarem em seu potencial e estudar ao máximo o segmento em que querem atuar. “Não dá para iniciar um negócio sem saber o cenário do segmento que vai empreender”, aconselhou.

Outro ponto abordado na live foi a sucessão familiar. Embora tenham iniciado tarde o plano de sucessão na empresa, Irio Piva diz que já está em curso. No final de 2019, o empresário chamou seu filho, Artur, para conversar e propor e entrada dele no negócio, mas para isso o jovem precisou elaborar um projeto. Artur apresentou ao pai uma análise completa da empresa. “Reunimos a diretoria para decidir pela entrada dele e com isso dar início à sucessão ou pensarmos na venda da empresa no futuro. Entendemos que nós dois não teríamos energia e nem conseguiríamos nos atualizar o suficiente para gerenciar os negócios a longo prazo”, explicou Irio. O processo de sucessão está há um ano e meio em andamento e atualmente são três membros da família atuando na área de Inovação.

Ao final do evento, o presidente do Grupo revelou que o desejo dele e do irmão é terem tempo para conversar e se relacionarem, bem como atendem mais os clientes e fornecedores, e deixar a operacionalização da empresa na mão da nova geração.

O evento na íntegra está disponível no perfil da Associação Comercial no Facebook e YouTube.  

Publicado em: 27 de maio de 2021

Compartilhar:

Recomendados:

10 de junho de 2021

ACPA marca presença em Conselhos Municipais

A Associação Comercial de Porto Alegre tradicionalmente participa de fóruns [...]


Ler mais
10 de junho de 2021

Palavra do Presidente

A retomada da economia está sendo gradativa e ainda com alguma lentidão. [...]


Ler mais
27 de maio de 2021

Lei municipal contra a corrupção é o tema do Diálogo Jurídico

A edição do mês de maio do Diálogo Jurídico, promovido pela Associação [...]


Ler mais